sábado, 30 de julho de 2016

Ser mulher, 
Ser forte
Ser Divina!

Tudo é tão incrível, quando acho que não há mais forças para suportar tantos compromissos, acontece algo que vem como um alívio. Agora posso me concentrar nos meus projetos adiados por conta do tempo escasso. 

um tempo...
um dia
uma vida!
As flores cheiramos, tocamos e sentimos...
Assim somos, feito as flores.
Belas, cheirosas e macias.
Somos todas flores,
Enebriantes e inesquecíveis!
Flor do Campo julgo ser,
Sou sim, com toda a certeza.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Costumo responder, normalmente, a quem me pergunta a razão das minhas viagens: que sei muito bem daquilo que fujo, e não aquilo que procuro.


Já vi a morte de passarinho, de amigos e amores...
Nunca vi foi a morte da alegria,
Essa sim, sempre volta
Em alguma hora, dia, mês ou ano.
Sempre há de voltar!
Em qualquer lugar e de súbita, forma.


Não escrevo tanto quanto gostaria.
Viajo mais, escrever e viajar me resumem.
Quando perdi certos encantos somente estes me restaram, fui escrevendo e descobrindo em cada folha do meu caderno e cada trecho da estrada, paisagens nunca vistas e sonhos à realizar.
Pareço criança a cada nova viagem, preparo as malas e parto rumo ao novo mundo a ser desbravado. 
A cada passo que dou, um leve suspiro deixo escapar lentamente.
Ah! Se não fossem os meus velhos livros e meus antigos roteiros. 
A vida seria vazia e sem encantos.
As montanhas verdes marejam meus olhos sonhadores.
A maresia enche meus pulmões virgens de sais e nostalgias.
Meu caminhar é lento e pensativo, gosto de cismar, de cantar e rimar.
Enfim gosto de quase tudo que me faça sonhar!



quinta-feira, 28 de julho de 2016

Martin tinha um sonho,
Mandela tinha um sonho,

               
Todos temos
No entanto priorizar é necessário
Como é possível, sonhos classificados...
A vida é curta, muito curta, mesmo...
Rio, enquanto posso.
Depois restará apenas a lembrança.



...amanhã eu penso em como será.
Hoje não, já é quase hora de dormir.
Amanhã!



Novo sistema de criação.
O frango feliz, até se darem conta que independe da forma que vivem.
Morrerão feito os outros, abatidos.
Coitadinhos!

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Não há como viver em cima do muro eternamente.
Pode-se cair e se machucar, quase sempre.



domingo, 24 de julho de 2016


A Vida, vida.
Como é bom viver,
O doce dia a dia!


Tudo tão bonito se parece...
Se hoje hás harmonia hoje é porque já existiram as guerras, mortes, rios de sangue e imensurável sofrimento.
Deveríamos agradecer, por vivermos em tempo de paz em nossas terras!



Não sei porque, tenho medo de guerras.
"Quintana bem disse: 
Que o tempo escorre pelos dedos, pisquei e lá se foram os anos da juventude!


quinta-feira, 21 de julho de 2016

Cintilante...
Assim eu me intitularia,
Se não me conhecesse!

Como as rosas tenho muitos espinhos,
Contudo não são para machucar,
Sim para me defender...

"Sou uma rosa presa nos espinhos do destino"


Ópera, Ballet Clássico, Arte Moderna, todo esse universo mágico de amor a arte como um universo paralelo. 
Onde posso viajar na mágica alegria representada pela emoção de outras pessoas. 
Esses desconhecidos demonstram através de sua arte a dor, a alegria e a esperança diante de milhões de pessoas normais feito eu.

Jardins, cachoeiras e rios são minha segunda face...

terça-feira, 19 de julho de 2016

Enquanto o povo se deixar manipular, o governo continuará como está!
Sempre do mesmo jeito.
Os ricos cada vez mais ricos,
E os pobres cada vez mais pobres...



Vivo em um país onde impera a demagogia.
Meu desapontamento é geral.

Chega de hipocrisia, ricos x podres é aceitável, senhores de escravos não, não isso nunca...

André Rieu live in São Paulo - Ave Maria by Kimmy Scota

Seja Você A Garota Da Capa!

Quem já leu a parábola da Linha e a Agulha, vai entender bem o texto  que estou escrevendo.
Hoje preparando um bolo de cenoura para o chá da tarde, me pus à pensar na ilustração da caixinha de leite condensado. 
Uma linda camponesa cozinhando toda feliz. 
Nesse intervalo lembrei-me que não conheço nenhuma marca de produtos alimentícios que trazem no rótulo uma negra típica de lencinho na cabeça.
Se bem me lembro na maioria das vezes nós as mulheres negras somos quem na sociedade representamos a parte como posso dizer do lar. Então porque não homenagear essa classe de mulheres que contribuem e muito para o desenvolvimento pacífico do mesmo.
E ainda colocam no facebook a icônica frase Bonita, Recatada e do Lar, eu gostaria de saber se essas lindas mocinhas sabem mesmo lavar suas próprias calcinhas. Porque acho que tanto o repórter quanto essa sociedade que ele representa, pensam que as domésticas são partes da mobília da casa ou até muito menos que isso. 
Todas as "damas" elogiam suas empregadas desde que elas não ultrapassem a área de serviço.
Eu cozinho muito bem, modéstia á parte e gostaria que a minha classe também fosse reconhecida nos comerciais de margarina.
Afinal, podem até querer esconder, mas são as nossas mãos que fazem os milagres que a alta sociedade ostentam.
Expresso aqui minha indignação por essa mentalidade monárquica que ainda induzem as pessoas  aos antigos padrões de uma sociedade elitizada. 

domingo, 17 de julho de 2016

Hoje ao fazer a feirinha da semana, ouvi uma senhora perguntar para a amiga se ela não iria comprar algumas laranjas pois estavam bonitas. Eu olhei admirada pois havia ido ao mercado justamente por esse motivo. Nem me lembro a última vez que chupei uma laranja, faz muito tempo mesmo. E dizer que essa região era o polo da citro cultura. Aqui se cultivavam milhares de pés de laranja que aos poucos com a crise no mercado nacional foram dando espaço para o plantio da cana de açúcar. Quem diria que comprar algumas laranjas aqui no supermercado seria motivo de alegria, se antes eu pudia andar em qualquer lugar antigamente e ter inclusive nos quintais de casa vários pés de diversos tipos de laranjas diferentes. Pois é, agora as suculentas laranjas que foram trocadas pelas acerolas e estas depois pelo tão comentado açaí cairão no esquecimento virando apenas um suco comum naquelas antigas máquinas de sucos gelados que ainda persistem nessas lanchonetes que vendem pastéis fritos na hora.
Pelo jeito estará cada vez mais raro encontrar belas laranjas peras para se comprar sendo BBB, boa, bonita e barata. 
Isso me faz lembrar das deliciosas mangas Bourbon que também sumiram da região.
Desculpem, mas nem imagens dessa espécie de manga se encontram mais. 
Uma pena, pois elas tinham um sabor bem diferenciado, deliciosa...
Que me lembram bem a infância roubando mangas pelos quintais perto de casa kkkkkk.
A minha maneira de ser feliz que me faz tão bem!
O tempo não me decepciona, ensina.

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Deixem viver

Nas redondezas estão aparecendo onças pardas aos montes. 
Infelizmente algumas sendo atropeladas e para piorar a situação são alvo para caçadores de java porco. Matando-as deixando seus filhotinhos órfãos na mata. 
Algumas pessoas não possuem consciência que temos obrigação de proteger toda e qualquer espécime animal.

 
Eu até poderia negar,
-Não, não estou interessada.
Mas, seria mentira.
Eu quero sim!

Ela é linda!

                                                           
                                                                                                                                 

Verde, amarelo, azul e branco! 
Isso é Brasil e meu interior.
              

Chegaram!



Eles chegaram, podemos vê-los em cima das copas. Mostrei-os a Lívia. Ela agora também os observa, não com o mesmo fascínio que eu. Pelo menos agora ela os conhece.
Ano que vem acho que eles não vem, cortaram sua árvore de fazerem seu ninho. Agora irão para outro lugar, e não os verei mais depois de uns sete anos os observando.
Vou sentir muita falta...

quinta-feira, 14 de julho de 2016

Sou uma flor num jardim cheio de outras flores
Mas, todas temos perfumes diferentes
Não somos todas iguais!
Aí está a beleza lúdica da diversidade.
Sentirei saudades de amar que o não amei.
Teria sido bonito não fosse o mestre dos destinos e seus caprichos.
Contudo ele é velho e já pode estar cego.
...então podemos ter uma chance!



Belos exemplares inocentes feito eu!


Morte e vida 
andam juntas de mãos dadas
Feito o dia e a noite 
A Lua e o Sol
Unidos e separados
Sempre.
Sou maior que tudo isso, sou mulher!
E mulher é fogo!


Vejam isso:
Agradecer é pouco!


quarta-feira, 13 de julho de 2016

Olhos frios foi o que vi, infelizmente tudo teve um fim.
Olhos frios não amam, desprezam.
Fazer o que se os admiro mesmo sendo como são!


Filosofia tem um sentido,
Amor não tem nenhum...
Filosofar então!
É bom, um debate infinito.
 Seriema pensando... 
Não viverei de sonhos,
Quero sentir pulsar, arder e jorrar essências...
Num oásis imaginário só eu e você.




 Nem faz assim tanto tempo, décadas de uma amizade real, repleta de romances, tragédias, dramas e acima de tudo muito coragem e amor.