domingo, 29 de maio de 2016

sábado, 28 de maio de 2016

Confeitaria Colombo no Rio


 Fundada em 1894 é o ponto de                                                                                                            encontro de turistas de todo o mundo 

 Esta é a Confeitaria Colombo, um marco na história cultural do Rio.



Agroturismo porque não?

Cidades pequenas tem seu charme.
São aconchegantes, com ambiente bem familiar. Normalmente algumas delas tem o agroturismo, onde temos a oportunidade de conhecer sua cultura, meio ambiente e os mistérios da região, sua história e cultura. Perto daqui está Brotas, uma cidade simpática que é muito conhecida pela prática de esportes radicais aquáticos.

 Tive a oportunidade de conhecer algumas delas e garanto que é um passeio muito bom.



Pra quem gosta, um passeio e tanto!

 Todos que me acompanham sabem que tenho loucura de conhecer Paraty. Em breve, tenho uma viagem programada para Ubatuba onde de lá vou para fazer um tour rápido por essa pequena beleza.


Através de pesquisas e alguns programas descobri cachoeiras e nascentes belíssimas que não vou poder conhecer dessa vez por falta de tempo. Posteriormente irei exclusivamente para conhecê-la, assim será muito legal.

 

 Seja como for vivo ou morto terei que sepultar esse sofrer, não faz parte de mim viver triste.


Bonito

Hoje tirei a manhã exclusivamente para escolher meus novos roteiros de viagem, uns já programados e outros que pretendo conhecer no começo do ano que vem. E como sou louca por natureza e história estes pontos turísticos tem que haver muito vegetação e bichos muitos, quanto mais melhor.



As fotos aqui são ilustrativas porque na realidade haja chuva, mosquitos e pernilongos kkkkk.
Tudo bem, eu acho divertido o sofrer em conhecer algo novo e inesperado, faz parte da excursão também um certo desconforto. Nem tudo são flores nas minhas empreitadas.



Pra conhecer é preciso tempo e isso é o que menos tenho.






sexta-feira, 27 de maio de 2016

Versos são melodias da alma.



                                                                                                               


Canção do dia de sempre


Tão bom viver dia a dia...
A vida assim, jamais cansa...

Viver tão só de momentos
Como estas nuvens no céu...

E só ganhar, toda a vida,
Inexperiência... esperança...

E a rosa louca dos ventos
Presa à copa do chapéu.

Nunca dês um nome a um rio:
Sempre é outro rio a passar.

Nada jamais continua,
Tudo vai recomeçar!

E sem nenhuma lembrança
Das outras vezes perdidas,
Atiro a rosa do sonho
Nas tuas mãos distraídas...

                                                                                                     Mário Quintana

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Praias de Natal


Rolar na areia e cair no mar, um sonho de criança. Isso sim é deliciosa loucura!


Minha primeira impressão quando estive no nordeste não foi muito boa, está será minha oportunidade de mudar de opinião. Não vejo a hora de respirar esses "ares nordestinos"


Tudo que acontece de ruim na vida da gente é pra melhorar! 
Fazemos planos, idealizamos sonhos que tornados inesperados destroem. 
Sempre haverão tornados, são fenômenos da natureza.
Em consequência nunca devemos desistir de sonhar por causa deles.
Os sonhos serão reconstruídos de uma forma ou de outra. 
Sempre serão, tenhamos essa certeza. 
O Rio segue seu curso, ao menos que ele seque. Isso também é um fenômeno...

terça-feira, 24 de maio de 2016

História Da Minha História

Irei conhecer, pretendo no meio do ano que vem. Toda essa história do início da época de ouro do Brasil colonia. 
Tiradentes, o Contratador e a Nossa Chica da Silva. São tantas especulações sobre o assunto que vale a pena conhecer com os olhos do coração.



Toda essa atmosfera nostálgica aos adornos do barroquismo de Aleijadinho e o ambiente misterioso de sua escravidão naquela época de dor e solidão. Tempos marcantes, história marcada com muito sangue e suor. A realidade, hoje de leve demonstrada em poucos obras restantes, onde cabe a cada um montar sua própria opinião sobre as cidades.



Imagem morar nesses antigos casarões, acho que eu não conseguiria, apesar de achá-los maravilhosos com seus janelões e tetos altos com arcadas e salas enormes repletas de antigos móveis de madeira maciça.




Chica tinha o sonho de conhecer o mar, o seu Contratador trouxe o mar até ela.
Esta história de amor deveria ser contada, mas quase em nenhum livro há referências sobre ela, infelizmente. 

Pintura de Casario

Termino com essa linda pintura à óleo que retrata bem esse ambiente enigmático.








Eu viajo para esquecer
Acredito que muitos fazem isso.
Até pouco tempo eu idealizava, hoje acredito ser possível a felicidade solo.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Castelos foram construídos sob a areia
No deserto existem os oásis, não acredito que existam por aqui.



Posso até sentir o cheiro da terra molhada, o perfume do café moído na hora e a galinhada com polenta sendo cozida lentamente no fogão à lenha. O sabor fica por conta da panela de barro.
Sem sombra de dúvidas sou apaixonada pela roça, já me vejo amassando pão sobre a mesa antiga da pequena cozinha modesta, enquanto observo atentamente o terreiro cheio de galinhas.
Isso pra mim é a real felicidade.
É na solidão que medito.
Nela encontro soluções.

A boa mãe ao seu filho acalenta.
Nem todas são boas, existem muitos filhos sem mães por aí.
Nenhuma de nós é perfeita, umas melhores e outras nem tanto.

domingo, 22 de maio de 2016

Largo de São Benedito "Cruzeiro"

É estranho voltar a um lugar onde se deu inicio a minha história. Agora oque parecia tão grande tornou-se pequeno e distante em minha memória. Tento me recordar dos amigos que já se foram e outros que se mudaram e de mim pouco se recordam. Passei parte da minha infância e juventude nesse lugar, onde minha mãe passou boa parte de sua vida. Aqui ela conheceu meu pai e com ele se casou há quase cinquenta anos e depois veio à falecer. Ela amava esse lugar, era a casa de seus pais.
Eu passei por tanta situações, me recordo de ser uma criança solitária e doente, que se alegrava com as histórias misticas de sua avó materna. 
Várias décadas se passaram.
Deveria continuar a ser uma grande festa...
A tradição se perdeu com o tempo e o que restou ficou guardado apenas na memória de quem ali viveu.


Festa do São Benedito continua nesse final de semana, em Ibitinga
O Passado foi bonito
O Presente é
O Futuro Será
A Natureza sempre se transforma, nós também.

Pablito "O Grande"

Eu deveria ter me programado, poderia estar lá agora contemplando as obras de um artista inusitado" Pablo era muito louco com o perdão das palavras. A maioria de suas obras que estão sendo expostas aqui em nossas terras tupiniquins fazem parte do seu acervo pessoal. São as telas que Picasso guardou para deleite de si próprio, isso é expendido, imagine o alto teor de energia ao pintar cada tela, seu auto retrato, como ele se via, um homem comum, ele realmente era muito modesto. O cheiro da história desperta meus sentidos, essa rápida visita que trás noventa por cento delas nunca expostas por aqui. Nossa que banho de cultura, é como tomar um século de significativos acontecimentos mundiais de canudinho. Preciso conter minha empolgação, senão sou capaz de pegar o próximo ônibus e ir até o Instituto Tomie Ohtake ver tudo de pertinho ao alcance de minhas mãos e fotografar cada uma dessas riquezas históricas espanholas.
                                                    
                                                       Um Pouco de Pablo Picasso


Resultado de imagem para imagem dos quadros de pablo picasso  Resultado de imagem para imagem dos quadros de pablo picasso Resultado de imagem para imagem dos quadros de pablo picasso


  Resultado de imagem para imagem dos quadros de pablo picasso







sábado, 21 de maio de 2016

Dizem que a verdade sempre aparece...
-Nem sempre, nem sempre, pode acreditar!



Foto antiga do coreto de Ibitinga
Os gandulas ficam do lado de fora do campo esperando a bola sair da área. Eles ficam ansiosos em serem os primeiros. Para eles aquilo que fazem os tornam importantes. Todos na hora do jogo se julga o melhor. Quando o time se torna campeão, ganham a taça e as medalhas, todos comemoram felizes pelo campeonato. E o gandula fica até mais tarde, esperando um autógrafo do seu jogador favorito e ajuda no que pedirem. Ele contribui, mas não tem medalha, nem festa. Aí alguém pode vir perguntar: -Mas e o trabalho em equipe? 
Infelizmente existe a hierarquia, apesar de precisarem dele, as estrelas em campo não vão às festas com os gandulas.

Existe muito lenda e mito ao redor de qualquer pessoa. Todos falam, por vezes demais até. A verdade mesmo só quem vivencia é que sabe.  
Queria ter a sabedoria de Gandhi, Bob e Mandela. 
Um não tinha nada haver com os outros, histórias e fins diferentes.
Contudo pensavam no bem da humanidade.

 A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitória propriamente dita.


 Os homens pensam que possuem uma mente, 
mas é a mente que os possui.
Há pessoas que amam o poder, 
e outras que têm o poder de amar.




Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar.

Aos poucos a mocinha se prepara, se enfeita, brinca com as gotas de orvalho e se deleita com o elixir dos ventos... A Bela Moça demora, mas...