domingo, 29 de junho de 2014

Eu não menti, poderia mas não o fiz. Para quê?
Enganar e mentir não levam a lugar algum, no fundo engamos a nós mesmos...
A verdade é o princípio da libertação.
Quando verdadeira sou livre.

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Você pode me perguntar, porquê fiz isso? 
Eu não sei, vontade de viver, realizar coisas que nunca havia feito antes. Sentir certas sensações do qual eu me privava a muito tempo. De repente eu cansei de esperar que tomasse uma atitude, única que fosse. Eu notava o tempo passando e nada, nem resposta nem desculpas.
Agora está feito, se vai durar eu não sei. Por enquanto estou feliz assim, poderia ser melhor não tenho duvidas, mas e daí que diferença ia fazer. Você continuaria no seu mundo e eu no meu. Simplifiquei as coisas, procurei algo equivalente a mim. Do futuro eu não sei, nem quero saber...
Penso somente em mim agora, quero ser feliz já e não espero nem mais um segundo. Sempre soube onde me encontrar, agora eu me encontrei. E pelo que vejo não faço muito falta, tem quem me substitua...

domingo, 8 de junho de 2014

Faça o bem sem esperar recompensa, não espere nada dos outros. Confie somente em você e quando achares que estás sozinho, respire fundo e comece tudo novamente.

sábado, 7 de junho de 2014


Eu parei de acreditar, faz algum tempo, não tenho mágoa, somente aquela sensação ruim de um fim inacabado. Mas estou bem, aos poucos tento reconstruir minha vida. Perfeita não é, somente aquilo que consegui da forma que sou. Poderia ser diferente eu sei...no entanto nesse exato momento a vida me mostrou outros caminhos a serem trilhados. estou aprendendo a lidar com as perdas e conduzir melhor meus sentimentos. Sem expectativas e sem ilusões, somente o hoje e o me interessa. 

terça-feira, 3 de junho de 2014

Me sinto realizada e feliz, hoje posso me considerar uma pessoa plena...
Quando se chega aos quarenta, o pensamento é o seguinte.
Uma vida confortável, filhos na faculdade e um casamento feliz... 
Errou, nada disso, nas novelas talvez, mas na vida real é bem diferente. E quando aprendi a lidar com as adversidades, descobri que não importa a quantidade de problemas que eu tenha, nunca mais vou me deixar abater por eles. 
Um beijão meninas e boa noite!