quarta-feira, 30 de março de 2011

Amar...

Nunca desista de você e nem da pessoa que ama,
 siga sempre em frente com a cabeça erguida,
 se cair levante-se e lembre-se que muitos já cairam tentando derrubar você.



Amor Perfeito















segunda-feira, 28 de março de 2011

Cansei de ser sozinha

Preciso de um homem para dizer "Bom dia"! Preparar seu almoço e esperar ele chegar à tardinha...Com um vestido leve, solto e meu corpo todo perfumado.
Caminharmos por aí, falando coisas à toa, rindo com as crianças na praça, brincando na cachoeira feito adolescentes.
Ter com quem saborear o fondue no inverno, e refrescar-se com sorvete no verão, eu fico com as cerejas, minhas favoritas.
Assistir peças teatrais, ir ao cinema e andar de mãos dadas pelo shopping, admirando as vitrines.
Eu preciso de um homem que me olhe nos olhos e diga que gosta de mim, e que nunca saia de casa  sem me dar um beijo de despedida.
Eu preciso de um homem que eu possa dizer "Boa noite" e encher-lhe de carícias,
Eu preciso muito encontrar um homem que me aceite assim, como eu sou, meia bobinha, manhosa e chorona...
Eu preciso de homem para sentir saudades e me chamar de sua...sua mulher...


sábado, 26 de março de 2011

Sabedoria cega

Eu sei do que preciso para ser feliz, não é nada impossível, penso que a minha felicidade depende apenas de mim. Ela provém do meu eu. Tudo ficou muito mais fácil... enquanto pensava que encontraria alegria de viver em outras pessoas, isso jamais seria possível. Aplico isso no meu dia a dia, o desapego, coisas do qual não preciso, consumismo exagerado. Nessas horas vale o velho ditado japones" Não tenhas mais do que podes carregar".
Tenho a sensação de leveza nesse momento, meu jeito àspero de ver a vida, a ferro e fogo, tudo isso mudou. Por isso creio na evolução...
Há mudanças que são um trampolim para novas expectativas. Visão esclarecida, mente em constante mutação, lutando contra preconceitos enraizados.
Está sendo inovador ter consciência limpa de idéias fantásticas. Muitas vezes segui pensamentos que não conduziam com os meus próprios e acabava me perdendo no andamento dos preceitos.
Tomo agora um certo cuidado com o conhecimento exacerbado, ele dá mil e um caminhos à seguir, mas o reto é somente um apenas. Existem as famosas variantes.
 O discernimento deve ser o principal aliado nesse momento, o mal julgamento pode mudar toda uma caminhada.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Sonho apenas?

Sonhei com você a noite inteira, acordava e voltava à sonhar, como posso te esquecer?
Confesso que adorei, te-lo só pra mim, essa noite maravilhosa...

domingo, 20 de março de 2011

Uirapuru

Caminho a passos lentos, observo a natureza a minha volta, vejo os passáros voando livres.
Dia desses vi um tucaninho de bem perto, ele é uma graça, todo colorido, de tons vibrantes, bate três vezes as asas depois plana, parece descansar. Ele voa lento, não é como a águia ligeira e predadora. Assim imagino as pessoas, se eu fosse uma ave não seria andorinha, não gosto de multidões, nem um gavião pois não tenho o dom de caçar. Seria pois um uirapuru, canto triste e solitário nas florestas amazónicas.

sábado, 19 de março de 2011

Nunca desejei te magoar. Me perdoe por tudo que disse ou fiz, não consigo nem imaginar ferir seu coração. Estou muito mal, meu filho você sabe...

segunda-feira, 14 de março de 2011

sábado, 12 de março de 2011

Equilíbrio


Na imensidão desta vida, contemplo as flores, elas são lindas, belas e magnificas

As estações cada qual com sua simbologia e harmonia, englobando o que há de mais lindo

Pássaros variados de incontáveis cores, cantarolam e alegram o meu viver, enchendo de vida todo canto desta Terra.

Hó! Vida perfeita e bela, que faz de mim um ser iluminado, busquei em ti razões e garimpei milhões de respostas. Todas otimistas e verdadeiras. A natureza não mente, não exclue, não julga e não omite...

Somos todos feito de um só pano, o manto da união, pois sem ele nada somos, nada seremos...

Cremos num mundo melhor... Não somos únicos nem exclusivos apenas mais um retalho dessa enorme colcha chamada "Realidade."

Silêncio de um cipreste


Todo mundo tem o direito

De viver cantando

O meu único defeito

É viver pensando

Em que não realizei

E é difícil realizar

Se eu pudesse dar um jeito

Mudaria o meu pensar

O pensamento é uma folha desprendida

Do galho de nossas vidas

Que o vento leva e conduz

É uma luz vacilante e cega

É o silêncio do cipreste

Escoltado pela cruz


Cartola e Carlos Cachaça

quinta-feira, 10 de março de 2011

" Até que a morte nos separe ou a vida se encarregue disso"


Hoje quero falar de um assunto muito importante e sério pra nós mulheres, é sobre a união, o casamento se assim preferirem. Nunca fui contra o casamento, sou contra a fachada que é erguida para estampar o casal feliz... Casamento deve ser por amor, cumplicidade, harmonia e acima de tudo respeito muito mútuo. Cada dia vejo mais pessoas se casarem para mostrar pros outros que podem dar uma festa legal ou que conseguio fisgar um bom partido. Mas e o amor onde está? Onde vai morar?

Ninguém pensa que o casamento não são só aquelas glamurosas 24 horas de festa e alegria, que com o passar do tempo seu companheiro(a) pode não ser tão bom assim, ou se manifesta de maneira contrária ao que você conhecia. As dificuldades começam aparecer e não tem pra recorrer, os parceiros não vem com manual. E as coisas que você teve que abrir mão para que essa união fosse possível? Empurrados pra debaixo do tapete, até que surge a primeira briga séria aí vem tudo à tona, a faculdade que deixou fazer, o conforto da casa da mamãe e a tão preciosa liberdade de ir e vir.
Morar junto, casar é tudo a mesma coisa, quem casa na igreja tem as bençõas de Deus e quem se junta sempre tem a esperança de poder partir quando der na telha, doce ilusão nos dois casos. Isso só acontece pra quem não tem responsabilidade e não pensa no amanhã. Pôr uma mulher ou um homem dentro da sua casa que você julga conhecer e depois de dado tempo descobre uma traição ou coisa pior. Não é que fomos enganados, nos deixamos enganar essa é a verdade...

Por isso devemos pensar bem antes de dizer"sim" e " que a morte nos separe" porque essas mentiras não enganam mais ninguém, sejamos honestos em hora tão importante.
Muitos me julgam insensível, só porque falo a verdade e isso incomoda muita gente.

Alguns casais se amam verdadeiramente, mas estes raras exepcões são julgados pelos outros que não são tão felizes.

quarta-feira, 9 de março de 2011

Rio x Sampa= CORACÃO


Pareço criança, quando viajo ao invez de relaxar e admirar a paisagem fico olhando pra todos os lados procurando gaviões, viadinhos, raposas, urissos, tucaninhos. Há! como são lindos, é sempre uma surpresa. É novidade... Por falar em mudanças meu pai quer se mudar, como um bom carioca que é, planeja se destinar para o Rio, e como já tem certa idade me pediu pra ir com ele. Fiquei muito sem graça. Por esse eu não esperava... Esse sempre foi meu sonho, morar em um lugar cheio de história. Gosto daqui, do interir paulista, mas confesso que o estado fluminense é sem igual. Tudo que me é mais prazerosos, verde à vontade, poder cuidar das plantas e meus animalzinhos. Um lado de mim quer muito ir...
Mas o outro lado se depender do meu coração não partirá jamais.
Eu não contava com o elemento surpresa.

domingo, 6 de março de 2011

chovendo, chorando e sentindo muito...


A chuva fria traz lembranças, a saudade de você teima em não partir. Queria estar quietinha em seus braços e não acordar nunca mais...

quinta-feira, 3 de março de 2011

A Dança

Domingo eu comentei aqui no blog que iria fazer minha inscrição nas aulas de dança. Bem não vai ser desta vez, vou ficar na vontade o curso é só para casal. E eu claro, não posso participar sozinha.

A secretária então me indicou aula de dança caribenha, até que fiquei empolgada mas, acho que vou esperar mais um pouco, eu queria mesmo dança de salão.

Quem sabe da próxima vez eu encontre um par que queira aprender comigo.

Bem vou dançando no chuveiro mesmo, uns cantam outros dançam.

Aos poucos a mocinha se prepara, se enfeita, brinca com as gotas de orvalho e se deleita com o elixir dos ventos... A Bela Moça demora, mas...