quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

OS OLHOS DE TU'ALMA QUE LÊEM A MINHA

Versos para um olhar
RosanAzul

Os olhos de tu’alma que lêem a minha
Desfolham pétala por pétala meu ser .
E como uma rosa a desabrochar,
Sob a magnitude da luz dos teus olhos
Descansa ainda a paz do meu viver.
Em carícias profundas de puro amar,
Minh’alma desnuda
Ama essa tua alma que me adivinha.
E ainda que eu me cale, fique muda,
É essa minha alma que antevê a tua...

fotos de bebês e crianças 44
Lindo, lindo ,lindo
Feliz Ano Novo...

photos kids _ 61

E QUE SEJA BOM,ÓTIMO E INESQUECÍVEL...

"Sou assim...adoro provocar as mais variadas sensações e me sentir viva, completa e satisfeita."
Corro atrás do que quero, não me dou por vencida, vou te encontrar... prepara-se.

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Coração

Meu amor de onde vens tamanha amargura? Porque tudo isso... A questão é se eu o amo da mesma forma que me amas? Medir a dimensão do amor é impossível, nunca estivemos tão ligados um ao outro.
Há esperança pra nós, aliás pra todo mundo.

Sonhar nunca é o bastante


Quero ganhar de presente um sorriso seu, por mais tímido que seja...
Poder entrelaçar suas mãos as minhas e nunca mais me sentir sozinha,
Tirar do seu coração todas as mágoas que carregas.

Demonstrar-lhe o que sinto, encher-lhe de carinhos...
Onde quer que vá, irei contigo, não sinto mal algum a seu lado,
Permanece calado, astuto e sigiloso. É isso que me cativas ainda mais.

Sou de expressar o amor que sinto, faz parte de mim a alegria e o romantismo
Ainda sinto seu toque suave em meu rosto...E quanto desejo que me ames,
Talvez não me queira por me achar piegas, infantil ou coisa assim.

Sonho, esse é meu grande defeito...
Não te acho impossível, eu acredito... Só peco por querer algo inatingível,
Mas se amar fosse pecado... O criador jamais o teria germinado.

Tu és o homem certo pra mim, seu caratér, temperamento e astúcia...
Quero estar nem que seja uma única vez em seus braços,
E acordar na manhã seguinte e ver que não foi sonho e sim uma realidade...

                                                                                                 Eugenia

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Emoções Roberto Carlos

Quando eu estou aqui
Eu vivo esse momento lindo        
Olhando pra você
E as mesmas emoções sentindo
São tantas já vividas
São momentos que eu não esqueci
Detalhes de uma vida
Histórias que eu contei aqui

Amigos eu ganhei
Saudades eu senti, partindo
E às vezes eu deixei
Você me ver chorar, sorrindo


Sei tudo que o amor
É capaz de me dar
Eu sei já sofri
Mas não deixo de amar

Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi


São tantas já vividas
São momentos que eu não esqueci
Detalhes de uma vida
Histórias que eu contei aqui


Mas eu estou aqui
Vivendo esse momento lindo
De frente pra você
E as emoções se repetindo


Em paz com a vida
E o que ela me traz
Na fé que me faz
Otimista demais

Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi

Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi

 

Fotorkut

Bate o sino pequenino,sino de Belém...

Fotorkut

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Só você


Me pergunto se posso te amar, se tudo não é uma ilusão, uma loucura da minha cabeça e meu corpo te querendo mais e mais o que fazer? A razão me pede cautela, são vidas envolvidas, curvas sinuosas...
Há! meu querido, porque tudo tem que ser assim? Pra que tanto sofrer? Resisti até agora, tentei ser ponderada e agora só consigo pensar em ti. Onde estás...sinto sua falta e tenho vontade de chorar...

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Noites Frias

Você é a essência do meu ser, o néctar da minha flor, o aroma da minha pele...
 A existência se tornaria insuportável sem você ao meu alcance.
Te preciso para ensolarar meus dias e me aquecer nas noites frias...
E quando houvesse tempestades você jamais me deixaria sozinha.
Não tenho ambições, tu bem sabes...
Simplesmente me sinto completa ao seu lado e não preciso de mais nada.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Meu anjo, eu te adoro. Você não é um objeto, é o meu amor...meu complemento, meu tudo.
Eu Te Amo...

sábado, 18 de dezembro de 2010

Memórias Póstumas


Na minha próxima vida, quero viver de trás pra frente. Começar morta, para despachar logo esse assunto. Depois, acordar num lar de idosas e ir-me sentindo melhor a  cada dia que passa. Ser expulsa porque estou demasiada saudável, ir receber a aposentadoria e começar a trabalhar, recebendo logo um relógio de ouro no primeiro dia. Trabalhar por 40 anos, cada vez mais desenvolta e saudável, até ser jovem o suficiente para entrar na faculdade, embebedar-me diariamente ser bastante promiscua. E depois, estar pronta para o secundário e o primário, antes de virar criança e só brincar, sem responsabilidades. Aí viro um bebê inocente até nascer. por fim passo nove meses flutuando num "spa" de luxo, com aquecimento central, serviço de quarto à disposição e espaço maior dia-a dia, e depois -"Voilà!"- desapareço num orgasmo.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Se você ama, diga que ama. A Todos Um Feliz Natal

Não tem essa de não dizer porque o outro já sabe. Se sabe maravilha...mas esse é um conhecimento que nunca está concluído.Pede inúmeras e ternas atualizações. Economizar amor é avareza. Coisa de quem funciona na frequência da escassez. De quem tem medo de gastar alimento e lhe faltar depois. É terrível viver contando moedinhas de afeto. Há amor suficiente no universo. Pra todo mundo. Não perdemos quando damos: ganhamos juntos. Quanto mais a gente faz o amor circular, mas amor a gente tem. Não é lorota. Basta sentir nas interações no dia a dia, esse nosso caderno de exercicíos.
Se você ama, diga que ama. a gente pode sentir que é amada, mas sempre gosta de ouvir, ouvir e ouvir. É uma qualidade. Tão melodiosa, que muitas vezes, mesmo sem conseguir externar, sentimos uma vontade imensa de pedir; diz de novo? Dizer não dói, não arranca pedaço, requer poucas palavras se pode caber no intervalo entre uma inspiração e outra, sem brecha para se encontrar esconderijo na justificativa da falta de tempo. Sim, dizer em alguns casos, pode exigir entendimento prévios com orgulho, com a bobagem do só- digo- se-o-outro-disser, com a coragem de dissolver uma camada e outras dessas defesas que a gente cria ao longo do caminho e quando percebi mais parecem muralha. Essas coisas que, no fim das contas, só servem para nos afastar da vida. De nós mesmos. Do amor.
Se você ama, diga que ama. Diga o seu conforto por saber que aquela vida e a sua vida se olham amorosamente e têm um lugar de encontro. Diga a sua gratidão. o seu contentamento. a festa que acontece em você toda vez que lembra que o outro existe, e se for muito difícil dizer com palavras, diga de maneiras que também possam ser ouvidas. Prepare surpresas. Borde delidadezas no tecido ásperos das horas. Reinaugure gestos gestos de companheiros. Mas não deixe para depois. Depois é um tempo sempre duvidoso. Depois é distante daqui. Depois é sei lá...

Fotorkut

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Surpreendidos sempre


Senti algo de bom, especial.
Sensibilidade a flor da pele.
Não fosse meu recato...
Como é bom sentir-se assim, 
Me sinto leve e tenho desejos.
Não fossem meus traumas, minha educação, te faria ver as estrelas antes de anoitecer...

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Reflexões Sobre o Tempo e o Amor

Percebi que não tenho tido tempo para falar de amor.
Acho falta, pois sou do tempo que para se falar de amor não demorava muito tempo.
E por falar nisso nos tempos atuais, o amor não dura mais o mesmo tempo que durava na minha época.
Nos tempos atuais ninguém tem tempo para amar.
Mas, o amor toma nosso tempo?
Gastamos tanto tempo em nada, quando na verdade o amor é tudo.
É tudo de bom, e o mesmo tempo, tudo de mau.
Amor e tempo andam de mãos dadas.
Isso porque o tempo voa quando se ama.
Porém, pode ser o contrário, pois me sentia voando no tempo quando amava.
Ah, esse tempo que fortalece o amor, é o mesmo tempo que o desgasta.
Se for assim o tempo é amigo ou inimigo do amor?
Impossível saber, pois amor e tempo são duas incertezas.
Contudo a maior das incógnitas está em saber se ainda terei tempo.
Tempo de amar, neste tempo em que não se acredita mais no amor.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Olhos Críticos

 O tempo passou e eu mudei, mudei porque amadureci, mudei porque passei por tantas e tão diversas expêriencias que consegui aprender com meus erros, mudei porque me decepcionei com amigos, mudei porque me decepcionei com amores, mudei porque conheci pessoas tão especiais que fui capaz de me inspirar por elas e me espelhar nelas para me tornar uma pessoa diferente, talvez uma pessoa melhor...O tempo passou eu mudei, mas nem tudo, nem todos, me acompanharam. Mas valeu a pena...aahh valeu...

Um templo católico construído com sangue, suor e lágrimas. Porque tudo para mim tem que haver um porém? Magnífica!